Engenharia de Produção

||Engenharia de Produção
Engenharia de Produção 2018-09-19T14:54:24+00:00

Engenharia de Produção

O curso do Centro Universitário Unihorizontes atende as recomendações apresentadas na Legislação do Ministério da Educação e da Confederação Nacional de Engenharia e Agronomia. Estamos estruturando um curso que possui uma proposta adequada à realidade atual onde são considerados aspectos relacionados às diferentes dimensões que resultam em um bom desempenho das operações como flexibilidade, rapidez, qualidade, confiabilidade e custos.

A estrutura foi elaborada com base nas orientações das Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Engenharia visando o desenvolvimento de habilidades, competências e atitudes necessárias para o exercício da profissão dos futuros Engenheiros de Produção onde prevê, aproximadamente, 30% da carga horária para os conteúdos básicos, 40% para os conteúdos profissionalizantes e 30% para os conteúdos específicos.

OBJETIVOS:

Oferecer ao aluno uma formação técnica, humana, ética e multidisciplinar com sólido conhecimento teórico e prático nos núcleos de conteúdos básicos, profissionalizantes e específicos. Desenvolver competências e habilidades de planejamento, execução, controle e análise de projetos e evoluções tecnológicas na área de Engenharia de Produção para que o profissional possa intervir e otimizar os processos de produção com responsabilidade econômica, social e ambiental, pilares essenciais de sustentabilidade de um negócio.

O MERCADO:

A procura por engenheiros no Brasil aumentou significativamente nos últimos anos. De acordo com estudo do Conselho Nacional da Indústria (CNI), para dar conta da atual demanda que o país apresenta será necessário formar pelo menos 60 mil engenheiros por ano no Brasil. Um estudo do boletim Radar mostra que a demanda por engenheiros no país deve continuar crescendo e a estimativa é de que em 2020 o Brasil precise de algo em torno de 1 milhão de engenheiros, dependendo do crescimento econômico do país.
A carência se encontra nos segmentos mais ameaçados pela competição internacional. A indústria brasileira carece de uma nova revolução no campo da produtividade. A cada ano perdemos espaço para as manufaturas da Ásia, especialmente da China e de seus vizinhos, que investiram largamente na formação profissional e na produtividade de seus trabalhadores. A indústria é carente de profissionais que estudem, pratiquem e respirem produtividade.
As empresas normalmente têm programas de treinee e, as organizações mais competitivas, possuem um plano de carreira bem definido para este profissional estratégico. Normalmente, se o profissional de engenharia contribuir com bons resultados, o crescimento é muito rápido e os salários também acompanham.

Coordenação

Coordenador: Prof. Rogério Naves Rezende
Contato: (31) 3349-2928
E-mail: rogerio.rezende@unihorizontes.br
currículo Lattes

 

Dúvidas?

Envie seus contatos que ligaremos para você!

Ou ligue

0800 283 7001

ou envie uma mensagem no nosso whatsapp

Abrir o whatsapp

Vai embora sem realizar seu sonho?
Deixe seu e-mail que vamos te ajudar a realizar o seu sonho de fazer um curso superior.
ENVIAR!
close-link